APOLO e JACINTO

The_Death_of_HyacinthosJacinto era um jovem mortal muito amado pelas divindades, principalmente por Apolo, que o seguia aonde quer que ele fosse.

Certa vez em que ambos se divertiam com um jogo, Apolo lançou o disco com tal habilidade para o céu que Jacinto, olhando admirado, correu para pegá-lo, ansioso por fazer sua jogada.

Porém, o disco no solo e voltando, bateu na testa de Jacinto, que caiu morto.

Apolo correu em desespero até Jacinto e com toda sua habilidade médica tentou reavivar o corpo de Jacinto, mas a sua cura estava além de qualquer habilidade.

Apolo se sentiu tão culpado por sua morte que promete que Jacinto viveria para sempre com ele na memória do seu canto.

Sua lira celebraria-o, seu canto entoaria a canção de seu destino e ele se transformaria numa flor.Hyacinthus

Assim, o sangue de Jacinto que manchara a erva, se transforma numa flor de um colorido mais belo que a púrpura. Uma flor muito semelhante ao lírio, porém, roxa. A flor carrega seu nome e renasce toda primavera relembrando seu destino.

Diz-se que Zéfiro (o vento oeste), que também amava o jovem, enciumado pela preferência por Apolo, mudou a direção do disco para que este atingisse Jacinto.

Apollo jacinto e cipreste Ivanov

« Older entries

%d blogueiros gostam disto: