HERA (Juno)

Hera, irmã e esposa de Zeus, preside os casamentos, os partos, protege a família e as mulheres casadas.hera

É irmã e mulher de Zeus, e mãe dos deuses Hefesto e Ares.

Zeus a namorara durante 300 anos, até que ela consentiu em casar-se com ele.

Hera aparece sempre como uma esposa traída.

Como todas as suas irmãs e irmãos, exceto Zeus, foi engolida por Cronos, mas salva pelo embuste de Métis e os combates vitoriosos de seu futuro esposo.

Durante todo o tempo em que Zeus lutava contra os Titãs, Réia entregou-a aos cuidados de Oceano e Tétis, que a criaram nas extremidades do mundo, o que irá provocar para sempre a gratidão da filha de Cronos.

Após seu triunfo definitivo, Zeus a desposou, em núpcias solenes.

O local, onde se realizaram essas núpcias varia muito, consoante as tradições.  A mais antiga coloca-as no Jardim das Hespérides, que é, em si mesmo, o símbolo mítico da fecundidade, no seio de uma eterna primavera.  Os mitógrafos sempre acentuaram, alías, que os pomos de ouro do Jardim das Hespérides foram o presente de núpcias que Gaia ofereceu a Hera e esta os achou tão belos, que os plantou em seu jardim, nas extremidades do Oceano.

Como legítima esposa do pai dos deuses e dos homens, Hera é a protetora das esposas, do amor legítimo.

A deusa, no entanto, sempre foi retratada como ciumenta, vingativa e violenta.

Continuamente irritada contra o marido, por suas infidelidades, moveu perseguição tenaz contra suas amantes e filhos adulterinos.

Para escapar da vigilância atenta de Hera, Zeus não só se transformava de todas as maneiras, em cisne, touro, chuva de ouro, no marido da mulher amada, mas ainda disfarçava, a quem desejava poupar da ira da mulher.

De resto, o relacionamento entre os esposos celestes jamais foi muito normal e a cólera e vingança da filha de Cronos, se apoiavam em outros motivos.

Certa vez, Hera discutia com o marido para saber quem conseguia usufruir de maior prazer no sexo, se o homem ou a mulher. Como não conseguissem chegar a uma conclusão porque Zeus dizia ser a mulher a favorecida, enquanto Hera achava que era o homem, resolveram consultar Tirésias, que tivera sucessivamente a experiência dos dois sexos. Este respondeu que o prazer da mulher estava na proporção de dez para um relativamente ao do homem. Furiosa com a verdade, Hera prontamente o cegou.

Ixíon, rei dos Lápidas, tentou seduzi-la, mas acabou envolvendo em seus braços uma nuvem, que Zeus confeccionara à semelhança da esposa.

Dessa união, nasceram os Centauros.PallasCentaur

Para castigá-lo, Zeus fê-lo alimentar-se de ambrosia, o manjar da imortalidade, e, depois, lançou-o no Tártaro.  Lá está ele girando para sempre numa roda de fogo.

Sua ave predileta era o pavão, cuja plumagem passava por ter os cem olhos com que o vigilante Argos guardava sua hera05rival, Io.

Eram-lhe também consagrados o lírio e a romã: símbolos da pureza e da fecundidade.

Pelo fato de ser esposa de Zeus, Hera possui alguns atributos soberanos, que a distinguem das outras imortais, suas irmãs.

Como seu divino esposo, exerce uma ação poderosa sobre os fenômenos celestes. Honrada como ele nas alturas, onde se formam as borrascas e se amotoam as nuvens, que derramam as chuvas benfazejas, ela pode desencadear as tempestades e comandar os astros que adornam a abóbada  celeste.

A união de Zeus e Hera é como símbolo da natureza inteira. É por intermédio de ambos, do calor dos raios do sol e das chuvas, que penetram o solo, que a terra é fecundada e se reveste de luxuriante vegetação.

Ainda como Zeus, Hera personifica certos atributos morais, como o poder, a justiça, a bondade. Protetora inconteste dos amores legítimos, é o símbolo da fidelidade, respeitada pelo Olimpo inteiro, que a saúda como sua rainha e senhora.

É verdade que, por vezes, uma rainha irascível e altiva, mas que jamais deixou de ser, em seus rompantes ou em sua majestade serena, a grande divindade feminina do Olímpo grego, cujo grande deus masculino é Zeus.

%d blogueiros gostam disto: