O mito de LEDA e o cisne na arte

O tema de Leda e o Cisne, foi muito popular na arte renascentista italiana: paradoxalmente, era artisticamente mais aceitável representar uma mulher em ato sexual com um cisne do que com um homem.Artistas de primeira linha podiam criar obras mais explícitas com esse tema do que poderiam ousar com um casal humano.
Leda e o cisne - Leonardo Da Vinci

Leda e o cisne - Leonardo Da Vinci

 
Leda e o cisne - Michelangelo

Leda e o cisne - Michelangelo

Entretanto, a tolerância em relação a essas obras caiu muito no período mais moralista da Contra-Reforma: muitas das melhores foram destruídas, inclusive as de Leonardo da Vinci (1508 – acima) e Michelangelo (1529 – ao lado), conhecidas apenas por meio de cópias.

As pinturas de Leonardo e Michelangelo desapareceram quando faziam parte da coleção da família real francesa, provavelmente destruídas por sucessores moralistas, ou por suas viúvas.  

O tema tornou-se raro nos séculos seguintes, exceto pelas obras de Rubens (muito semelhante à tela de Michelangelo), Veronese e François Boucher.

Leda e o cisne - Rubens

Leda e o cisne - Rubens

Leda e o cisne - Veronese

Leda e o cisne - Veronese

Leda e o cisne - François Boucher

Leda e o cisne - François Boucher

O tema foi retomado no século XX, interpretado no surrealismo de Salvador Dali.

Leda e o cisne - Salvador Dali

Leda e o cisne - Salvador Dali

« Older entries

%d blogueiros gostam disto: